Oi, Sumido...

quarta-feira, 26 de maio de 2021

Cíntia, do Povo de Cairu

por Washington Pelegrini 


Poucas vezes o Baixo Sul encontrou um quadro político que aliasse a técnica e o carisma numa mesma figura. João Cardoso era carismático, porém, pouco técnico. Ramiro Campelo muito carismático, porém, concentrador. Iramar (Ituberá), Jucélia (Valença) e Ioná (Camamu) também são figuras muito carismáticas. Hildécio, exímia qualidade técnica e organização. Todos com bons resultados eleitorais. Porém, das novas figuras que compõem a cena política do Baixo Sul, poucas se destacam como Cíntia.

Cíntia já moldou a qualidade da saúde pública de Cairu desde sua 1ª passagem pela secretaria da saúde do município. Dali fez escola para outros municípios da região fazendo o básico: tratamento humanizado, afeto e qualidade técnica. Essas variáveis criaram um mito na figura daquela que é a maior figura carismática de Cairu e, ouso dizer, de todo território. É uma figura quase unânime.

Uma política moderada, de fácil acesso e circulação. Essa semana Cíntia foi pessoalmente fazer a maior distribuição de alimentos da região: 2.500 cestas básicas para que as pessoas possam se cuidar em casa e evitar aglomerações. É cuidado de mãe, porém, é obrigação de quem tem vida pública.

Fisioterapeuta, empresária, secretária da Saúde, vice-prefeita e quase médica antes dos 40, uma bagagem e tanto. Se quiser alçar voos mais altos, Dra. Cíntia já poderia pensar em representar nossa região na Assembléia Legislativa. Não faria mal algum ter a força desse conjunto lutando, muito em breve, pelos 350.000 moradores deste recanto único no mundo.
(pelegrini.org)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após moderação.